segunda-feira, junho 02, 2008


Esta manhã fui nadar...
Soube-me tão bem... adoro o silêncio do mundo sub-aquático, traz-me paz...
Não sou pessoa de grandes conversas, têm-me em conta de anti-social por isso mesmo, não gosto de conversar, gosto de ouvir.
Há silêncios que são incómodos e outros tão preciosos... e este é um deles (claro, sem mais ninguém na piscina!)...
Ando cansada, sem ânimo e este silêncio fez-me arrebitar, levantar a cabeça, fez-me pensar em deixar de pensar tanto nas coisas (a mim faz sentido, ok?), deixar-me levar na corrente e seguir em frente, sempre em frente... o que terá de ser, será, não é? Pois assim seja...
Soube-me tão bem ficar em paz comigo mesma que à tarde vou nadar outra vez! Vou encontrar o meu precioso silêncio, o meu colo.

Agora, com licença, vou para a praia!

4 comentários:

N. Rogério disse...

Olá! Eu também sou assim como tu, prefiro ouvir do que falar mas devo ser mais intre-vertido do que tu. Essa parte final fez-me lembrar, quando eu estava em S.João ou S.Pedro do Estoril, na época em que o meu Tio vivia lá.....ele trabalhava e chegava a casa por volta das 18 horas e fazia questão de ir dar todos os dias um mergulho á Praia. Essa parte, de ires á praia, agora fez-me lembrar o meu tio. beijos e boa recuperação! bom mergulho!

Maria Manuela disse...

O mar faz milagres à alma.

bj

cumplicidades disse...

Esse azul fica-te bem :o)

É bom saber que estás a recarregar as baterias!

Beijos

kris disse...

a paz que o mar transmite...é única..bjinho