quinta-feira, dezembro 13, 2007

Amélia, querida esta é para si!!

Em homenagem à minha querida Amélia, vou fazer mais um post sobre o que vi ontem!
Passo a explicar, há um ano atrás, fui assistir um teatro de revista e a primeira vez que a querida me comentou foi neste post.

Ontem fui a mais uma ante-estreia de teatro de revista e lembrei-me de si!!


"HIP HOP'arque!»
NOVA REVISTA COM MARINA MOTA, CARLOS CUNHA E JOÃO BAIÃO, EM ENSAIOS NO TEATRO MARIA VITÓRIA.

Com encenação de Francisco Nicholson e assistência de Marina Mota, prepara-se no Teatro Maria Vitória a inauguração da temporada 2007/2008, com a estreia em breve, da revista «HIP HOP'arque!», que trás o regresso ao Parque Mayer e a este tipo de Teatro, de Marina Mota, Carlos Cunha e João Baião, a que se juntam Ana Brito e Cunha, Paulo Vasco, Rui de Sá, Melânia Gomes e as estreantes Marisa Carvalho, Sara Brás e Cristina Aurélio, animados por um excelente grupo de baile, de 10 dançarinos, dirigido por Marco de Camillis e por uma excelente e moderna orquestra dirigida por Fernando Correia Martins. "


A história dos encontros e reencontros repete-se!! Como os amigos dos pais caminham na longevidade da idade, já não se lembram que me viram o ano passado, portanto o "conheci-te eras assim deste tamanho", "olha para ela, já é uma mulher", "miúda estás gira, sais à tua mãe mas também tens coisas do teu pai", voltaram em cena, não no palco mas nos corredores do Maria Vitória!
Claro que não abri a boca para dizer que estava igual ao ano passado, parecia mal!
Eu gosto de teatro de revista, fui criada a apreciá-lo, portanto sempre que posso acompanho os meus pais. (E quando não posso também! Esta semana está a ser de loucos...)
Sobre a revista em si, gostei bastante.
A Marina Mota foi feita para a revista. (ponto!)
O João Baião a fazer de Dr. House está fantástico, nunca pensei que este homem conseguisse lançar algum charme!! Ahahahahah
sketches muito bons e outros nem tanto mas posso dizer que fartei-me de rir a maior parte do tempo!
Todo o elenco esteve muito bem e os bailarinos também.
Amélia, querida, mais uma vez faço força para que o Paque Mayer não vá abaixo e que continue com força para lutar pela sobrevivência porque:

"Eles querem, mas a Revista não morrerá!" (eheheh provocaçãozinha!)

6 comentários:

Sweet Porcupine disse...

Beeeemmmmm......deve de ser hiper giro!!!.....vou ter de convencer a cara metade a alinhar numa noitada dessas!!!

:D:D:D:D:D:D

Beijinhos ouriçaditos!

celtic disse...

não tem nada a ver, mas vim só deixar um beijinho! :)
beijinho

Maria Papoila disse...

É bom saber que a revista ainda mexe. Houve uns tempos que quase desapareceu mas de vez em quando aparecem uns carolas que lha dão um balão de oxigénio.
Há que divulgar e correr a ver.

Amelia disse...

Minha querida Narizinha! A menina-chona sabe perfeitamente que amo (muito mais do que adorar) uma boa provocação. E a menina, como uma belíssima gata malvada-adorável que é, provoca com estilo.
Confesso: eu cá gosto do Teatro de Revista. Sobretudo dos bailarinos. Sempre têm menos chatos do que os do Politiama...

Trureloo,
Amélia

Amelia disse...

Ah..., outra coisa, minha Narizinha linda: onde vamos comemorar o nosso primeiro aniversário? Hun?

Narizinha disse...

sweet, força, espero que gostem!
:oP
Beijos narigados!!

celtic, e fizeste tu muito bem! Não tendo nada a ver é sempre bom receber beijinhos!!
:o)

maria papoila, era bom que durasse...
A revista à portuguesa faz parte da nossa cultura...
:o)

Querida Amelia, que tal este sábado no Maria Lisboa?
:oP