segunda-feira, outubro 20, 2008

Estranho

Não é estranho uma tipa que nunca vimos na vida, pergunta-nos qualquer coisa, à qual respondemos serenamente, depois sai-se com um "nem pareces lésbica"! Querer à força saber o nosso nome e depois de o descobrir gritá-lo alto e em bom som, completamente histérica, como se fosse uma amiga de há anos?
Eu, que sou fã da discrição, ignorei e fingi que não era comigo mas a paciência tem limites! Salvou-me um amigo que foi direitinho a ela e disse-lhe para se acalmar que a namorada já não estava a achar piadinha nenhuma! (A namorada não estava!!)
"Namorada? Ela tem namorada? Onde está?"
Um minuto depois nunca mais ninguém a viu...
Gente estranha...

7 comentários:

Adoa disse...

LOLOLOLOL

Teve medo da "namorada"
lololol

Pelo menos livraste-te!

Maria Papoila disse...

É mesmo, há por aí cada vez mais gente estranha.

Anónimo disse...

Que disparate, que exagerada!
1º eu já sabia o teu nome
2º eu não grito
3º toda a gente sabe que a tua namorada estava lá ao lado!

bjkas
Viz

Jotinha disse...

lol...esse anónimo tem piada !! :)
Beijos muitos em ti e VIVA A NAMORADA !

Narizinha disse...

adoa, foi remédio santo!
:o)

maria papoila, não digas isso, assim começo a ter medo de sair de casa! Ehehe
:o)

Viz Maria da Silva, eras tu? Mas que bem disfarçada que estavas!! Cortaste as pernas? Estavas tão mais baixa... eheheheh
:oP

jotinha, beijos cheios de saudades!
:o)

Adoa disse...

Hoje desatei a rir com uma cena da qual me lembrei por causa do teu post...

Tinha uma namorada qúe chamava "algo"de atencao... tinha uns lábios género A. Jolie... estás a ver?
Entao um dia estavamos num centro comercial e um tipinho meteu conversa...
Á minha frente!!!

A dizer-lhe que ela era muito gira, um espectáculo... etc, etc, etc..

Nós olhavamos uma para a outra e riamos! O tipo era um tótó do caracas!!!!

lololol

Amelia disse...

Narizinha, esse tipo de gente chama-se "Chona". E essas só são divertidas no Carnaval de Sesimbra...

adoa: coitado do rapaz. Mas no fundo, ele foi elogioso. Para mim, os elogios têm todos o mesmo valor, venham de onde vierem. Claro, desde com educação e apropriados. Da mesma forma que os faço a homens e a mulheres, independentemente da orientação...

Narizinha: beijos para ti e para o meu sobrinho peludinho lindo!

Trureloo,
Amélia