quinta-feira, setembro 13, 2007

Isto não anda a correr bem...

Ando desgostosa com parte da minha vida, quero mudar.
Tomei uma decisão em relação à minha profissão mas ainda não revelei a ninguém do emprego e não é que parece que já toda a gente sabe?
Cada dia que passa tenho menos vontade de ir trabalhar...
Vai haver grandes alterações e claro, toca a mim também mas supostamente ainda não sabia de nada, porque para variar sou sempre a última a saber.
Decidi mudar de vida, de emprego mas sempre pensei em fazer mais este ano, este será o último.
Cheguei há uma semana e meia e já ando com os nervos à flor da pele ao ponto de ter de me concentrar antes de entrar pela porta, preparar-me para não ser impulsiva quando me chamassem e não dizer barbaridades (às vezes sou bruta que nem uma porta...) e despedir-me na hora, sem pensar duas vezes. Esta semana tenho feito esta "meditação" todos os dias e hoje não o fiz... Estive a nadar, sabe-me tão bem o silêncio que a água me dá, faz-me ponderar, ter calma, pensar no que pretendo da vida, no que as outras pessoas pretendem de mim...
Pois bem, quando menos se espera é quando elas acontecem... Hoje fui chamada para uma reunião à última hora para me informarem das novas funções...
"Ainda bem que estive a nadar de manhã", pensei eu, vou com calma, de espírito aberto e pensar que é só mais um ano...
Como fui avisada à última hora, fui a última a entrar... Todos foram informados de tudo e eu fiquei para último, para variar...
Não explodi de raiva, não fui impulsiva, não me levantei e bati com a porta... Caiu-me uma lágrima...
O que eu ouvi naquela sala foi do mais injusto que poderia haver, ao longo de sete anos de trabalho intenso e sempre de camisola vestida.
Aguentei o resto da reunião, perplexa com o que tinha acontecido ali, saí calmamente, coloquei os óculos escuros e fui-me embora...
Telefonei à namorada e acho que ela nunca me ouviu chorar tanto como o fiz...
Precisei de desligar o telemóvel, já nem falar conseguia, sentei-me no chão da minha sala e continuei a chorar, acho que chorei o que precisava chorar de há muito tempo...
Como o meu lema é "Sem um sorriso ninguém está vestido", vou voltar a entrar naquela porta, de máscara posta, cabeça erguida, cara lavada e mostrar que nada me afecta, é só mais um ano...

12 comentários:

Inha disse...

Das fraquezas se fazem forças e das derrotas se fazem vitórias!
Gostei da “Sem um sorriso não se está vestido”. Agora que já choraste (e podes e deves chorar mais, é um direito teu!!), toca a vestir um enorme sorriso sincero e interior ! Não basta a máscara, lembra-te que o problema das máscaras são sempre os olhos...estes são como o algodão, não enganam!
Força nesse focinho e beijos!!

scar disse...

...
nem sei bem o q te dizer...
Qd uma pessoa se encontra nesse estado...tudo o q nos é dito, para nos animar, nada nos preenche, mas ao mesmo tempo necessitamos...
...o q poderei dizer é aquilo q todos nós já sabemos...a vida é assim mesmo, de altos e baixos...o pior é qd já estamos a afogar-nos nesses momentos baixos q teimam em sugar-nos, mas pronto, já chega de más vibrações! :P

Beijo grande e cheio de energia! ;)

As vossas vizinhas disse...

As lágrimas, disseram-me, são a rega da esperança. Liberta-as!
Mais um beijo da famelga!
Viz

Pedro Almeida disse...

Sei que é fraco consolo...mas revi-me muito no que escreveste.
Cada dia que passa também me custa mais e mais ter que entrar pela porta da empresa dentro (e sim também tive uma dessa reuniões recentemente).
Se não tivesse casa para pagar...

neva disse...

miuda, infelizmente não tenho muito que te possa dizer para te animar. a verdade é que a vida é mesmo assim uma treta e está cheia de injustiças. o que vale é que quando chegamos a casa lá pode estar o nosso mundo perfeito, pois o que está lá dentro somos nós que escolhemos, a nossa familia. no emprego nunca sabemos o que vamos encontrar. mas nada como ter esse pensamento positivo do sorriso bjs grandes

Sweet Porcupine disse...

Olá narizinha,

ja não vinha aqui ao teu espaçinho desde as tuas férias......fico feliz que tenham corrido bem!

Fiquei, obviamente, triste......(apesar de virtual esta troca de mensagens).....não consigo ficar indiferente e solidária contigo, e "dar-te" um abraço de força!

Por vezes as pessoas,mais especificamente alguns chefes, são pequeninos hitler´s que pensam que podem falar e fazer determinadas coisas sem pensar ou ponderar quer nas suas consequencias, quer nos sentimentos das pessoas que colaboram consigo......e que estupidamente é delas que depende tambem o seu sucesso!

É injusto.....sim....mas uma coisa é certa......ainda bem que tiveste a capacidade quer de chorar, quer de tomar essa decisao, quer inclusive de teres a plena consciencia de que fizeste as coisas como deve de ser......porque tu irás sempre vencer.....em qualquer situação.....e sobretudo na parte humana!!

È precisamente por essa parte,por seres assim tão humana que gosto de cá vir e de ler-te!

Beijinhos ouriçados miuda.....e melhores tempos virão!

Narizinha disse...

Inha, ao escrever parte deste post, lembrei-me da nossa primeira conversa... da qual me recordo bastantes vezes...
Beijos

scar, obrigada!
:o)

Viz, há que regar a "Flor", que saltita de um lado para o outro, ehehe
;oP

Pedro, há procurar soluções e é isso que vou fazer, anda, se encontrares alguma diz e eu faço o mesmo! ;o)
Obrigada pela visita!

neva, por muito que possa doer há que ver as coisas pelo lado positivo... tento fazer isto em tudo na vida, às vezes é difícil mas tentar, tento sempre!
:o)

sweet p, eu ainda não tive tempo de espreitar o teu canto, que frequentava com regularidade mas ainda não parei...
Posso dizer-te que a tua mensagem, além de me ter tocado de forma particular, surpreendeu-me bastante.
Obrigada ;o)

t. disse...

Infelizmente este tipo de situações é frequente, e acredita que em qq parte do mundo! Como as empresas, funções, são feitas por "pessoas", elas ficam feitas à imagem delas! Eu já passei por diversas funções profissionais e já passei por tudo, mas acredita que só nós é que podemos mudá-las! Não sei o que se passa concretamente contigo, mas é sempre altura de mudar e de tentar ver as coisas com outros olhos, isto também pode ajudar, porque por vezes não nos apercebemos do contexto todo! Boa sorte e espero que tudo corra bem :-) bjs

eu sou o mar disse...

Inha,

Em tempos alguém me disse "deixa lá, Deus fecha uma porta mas abre uma janela...", se cá estivesse o meu Bicharoco já me estaria a corrigir...sou tão despistada que troco sempre a ordem das coisas.
Fica no entanto a mensagem de que amanhã é outro dia, o ontem já lá vai!
Go for it!!!

Bandida disse...

é hora...

força!


beijo

B.

Amelia disse...

A tia Amélia é muito pragmática. Aqui vão as minhas "postas de pescada":
a) Chora. Descarrega e limpa o amargo que estas coisas te estão a dar. isso, limpa a alma.
b) Relativiza. Já passaste por situações mais graves. Tudo na medida certa.
c) Valoriza-te. Não és nenhuma pateta, tens de te respeitar primeiro, valorizando-te. É o primeiro passo para te fazerem o mesmo.
d) Apoia-te em quem gosta de ti. É a melhor "muleta" que podes encontrar e a melhor homenagem e honra para quem tu escolheres para o efeito.
e) Usa baton da Chanel.
f) Todos os ciclos têm um fim e tentar arrastá-lo só promove a dor.
g) G é, e será sempre, da Gucci!
h) Interpreta os sinais que a vida (ou Deus, para os crentes) que te vai dando.

E não escrevo mais porque não sei mais letras do alfabeto...

Um super beijo repenicado, cheio de forças (chics, claro) e energia (limpa, que ser-se ecológico está na moda),
Amélia

celtic disse...

força!