quarta-feira, dezembro 06, 2006

Foto 1000imagens
Posso descansar um pouco?
Será pedir muito, se não for incómodo para ninguém que eu desapareça do mapa por alguns instantes, sem ouvir falar no meu nome, sem ouvir falar em amores, sem ouvir falar em vidas. Não ouvir rigorosamente nada... NADA...
Quando uma pessoa pensa que as coisas não podem correr pior é quando acontece mesmo tudo.
"Olhe se faz favor, é para a tal ilha sem os humanos. Bilhete de ida, o de volta logo se vê."
Definitivamente não consigo... não dá, quero estar sozinha. Se não me compreendem, prefiro estar só, sem discussões, sem intrigas, sem más interpretações, apenas eu com os meus pensamentos.
Estou cansada...

16 comentários:

Bandida disse...

... you play Bach

...


I play Gounod

.....

__________________

Narizinha disse...

:´o (

AR disse...

Às vezes a ilha que procuras está dentro de ti! Na impossibilidade de fugires dos outros, tenta fechar-te em ti... Há quem consiga, eu continuo a tentar... And simle, apesar de tudo vai ajudando!

Anónimo disse...

Talvez um bom copo de vinho, um bom livro e uma boa música seja uma sugestão agradável...

Um beijo

indigo des urtigues disse...

Só por uns instantes!;)

Bjinho

Narizinha disse...

ar, a ilha que procuro não está dentro de mim, essa já existe há muitos anos... está a entrar em erupção porque tinha uma ligação ao mundo e essa ligação perdeu-se. Procuro paz... apenas isso.
Fora do meu refúgio eu "simle" (esse foi de propósito para eu me rir? Se sim conseguiste! Se não, conseguiste que eu me risse igual!!), tenho de sorrir e colocar a minha máscara... a máscara...

Narizinha disse...

Anónim@, tens sempre sugestões agradáveis, gosto de ti miúda.
Beijo

indigo, obrigada, vou fazer os possíveis...

Anónimo disse...

Também gosto de ti, sabes disso e acima de tudo respeito-te! Por tudo o que és e essencialmente por tudo o que representas para mim.
Quanto a uma resposta dada por ti a um comentário anterior ao meu...pois a vida é um palco e aí sem dúvida que utilizamos máscaras, mas não façamos disso uma regra, despe a tua máscara e sê simplesmente tu!

Narizinha disse...

Amiga anónim@, simplesmente eu... para muito poucas pessoas... muito poucas...

Anónimo disse...

gosto da tua música

Narizinha disse...

Da minha música?
Não a comprei!!!
E a que música te referes?

Anónimo disse...

Ora aqui deixo uma dedicatória em relação aos últimos comentários.

"Não quero nunca perder
Talvez eu pense até em querer
Só porque então pensei
Que gente possa ser
Bem mais que um simplesmente"

"Simplesmente" de Bebel Gilberto

Narizinha disse...

Hum... e essa dedicatória é para quem?
;o)

Anónimo disse...

uma dedicatória...
simplesmente...uma dedicatória...

Sim! Depois de muita tortura, eu confesso, é para ti! Sim, é!

Um beijo

jotinha disse...

Esse ciclo está numa fase negativa...acredita que está a passare, e dentro em breve sentir.te.às nessa ilha sem os chatos dos homens, ou sem dares pela presença deles...Bjsssssss

Narizinha disse...

jotinha, os chatos dos humanos... e claro que vai passar, tudo passa, o tempo nestas coisas ajuda! São ciclos da vida, há que aprender com eles.
Bjs